ORIENTAÇÃO MEDIÚNICA.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ORIENTAÇÃO MEDIÚNICA.

Mensagem  wilson moreno em Qui Maio 11, 2017 2:23 pm

ORIENTAÇÃO MEDIÚNICA.
Como combater os espíritos mistificadores????

Não aceitar nada que venha dos espíritos desencarnados sem antes analisar muito bem pelo crivo da razão e da lógica, só devemos aceitar um ensinamento mediúnico quando ele tiver bom senso, lógica, racionalidade com uma Moral elevada e nobre.
Os espiritos mistificadores podem falar coisas bacanas e bonitas para nos iludir, eles podem falar em Deus, Jesus, caridade e amor com segundas intenções, Kardec os chama de os falsos profetas da erraticidade.

Vejamos as observações de Kardec.

(...) “Observai e estudai com cuidado as comunicações que recebeis; ACEITAI O QUE A RAZÃO NÃO RECUSAR, REPELI O QUE A CHOCA; PEDI ESCLARECIMENTOS SOBRE AS QUE VOS DEIXAM NA DÚVIDA. Tendes aqui a marcha a seguir para transmitir às gerações futuras, sem medo de as ver desnaturadas, as verdades que separáveis sem esforço de seu cortejo inevitável de erros”. (Santo Agostinho, Revista Espírita, 1863, julho.)

“Mas nunca será demasiado repetir: NÃO ACEITEIS NADA CEGAMENTE. Que cada fato seja submetido a um exame minucioso, aprofundado e severo.” (O Livro dos Médiuns – Kardec – item 98)

“OS MAUS ESPÍRITOS TEMEM O EXAME; eles dizem: 'Aceitai nossas palavras e não as julgueis.' Se tivessem a consciência de estar com a verdade, não temeriam a luz. O HÁBITO DE ESCRUTAR AS MENORES PALAVRAS DOS ESPÍRITOS, DE PESAR-LHES O VALOR, distancia forçosamente os Espíritos mal intencionados, que não vêm, então, perder inutilmente seu tempo, uma vez que se rejeite tudo o que é mau ou de origem suspeita. Mas quando se aceita cegamente tudo o que dizem, que se coloca, por assim dizer, de joelhos diante de sua pretensa sabedoria, fazem o que fariam os homens - disso abusam.” (Allan Kardec, Escolhos dos Médiuns, Revista Espírita, fevereiro de 1859)

“Segue-se que a opinião de um Espírito sobre um princípio qualquer não é considerada pelos espíritas senão como uma opinião individual, que pode ser justa ou falsa, e não tem valor senão quando é sancionada pelo ensino da maioria, dado sobre os diversos pontos do globo”. (Revista Espírita, 1865)


Submetendo-se todas as comunicações a RIGOROSO EXAME, sondando e analisando suas idéias e expressões, como se faz ao julgar uma obra literária e rejeitando sem hesitação tudo o que for contrário à lógica e ao bom senso, tudo o que desmente o caráter do Espírito que se pensa estar manifestando, consegue-se desencorajar os Espíritos mistificadores que acabam por se afastar, desde que se convençam de que não podem nos enganar. Repetimos que este é o único meio, mas é infalível porque NÃO EXISTE COMUNICAÇÃO MÁ QUE RESISTA A UMA CRÍTICA RIGOROSA.
Os Espíritos bons jamais se ofendem, pois eles mesmos nos aconselham a proceder assim e nada têm a temer do exame. Somente os maus se melindram e procuram dissuadir-nos, porque têm tudo a perder. E por essa mesma atitude provam o que são.

Eis o conselho dado por São Luís a respeito:

"Por mais legítima confiança que vos inspirem os Espíritos dirigentes de vossos trabalhos, há uma recomendação que nunca seria demais repetir e que deveis ter sempre em mente ao vos entregardes aos estudos: A DE PESAR E ANALISAR, SUBMETENDO AO MAIS RIGOROSO CONTROLE DA RAZÃO TODAS AS COMUNICAÇÕES QUE RECEBERDES; a de não negligenciar, desde que algo vos pareça suspeito, duvidoso ou obscuro, de pedir as explicações necessárias para formar a vossa opinião."

Allan Kardec
O Livro dos Médiuns cap 24

Wilson Moreno

wilson moreno

Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum